O que aprendemos na faculdade de Relações Internacionais?

Sem dúvidas, essa foi a pergunta que mais escutei desde que entrei no curso: “o que você aprende na faculdade de Relações Internacionais?

Diante disso, sempre achei complicado responder, já que aprendemos elementos de vários conteúdos. Mas nesse texto essa pergunta será respondida.

Ontem, o BE falou sobre o que os alunos aprendem na faculdade de Economia. Agora, vamos falar sobre a faculdade de Relações Internacionais.

Relações Internacionais

As áreas da faculdade de Ri

Antes de mais nada, é importante ressaltar que estudo na PUC Minas, logo, irei trazer muito da minha experiência na faculdade.

Diante disso, a grade do curso tem disciplinas de diferentes áreas das Ciências Humanas, Sociais e Econômicas.

No entanto, é preciso sempre lembrar que RI é um curso das ciências sociais.

Ademais, a graduação em RI prepara o profissional para atuar na realização de acordos e negócios entre diferentes nações.

Dessa forma, os profissionais podem se dedicar às relações na área política, econômica, social, cultural, comercial e do direito.

Logo, para se tornarem bons negociadores, precisam entender muito sobre outras culturas e todos os aspectos que envolvem a vida nestes países.

Ou seja, o conhecimento de outros idiomas é fundamental para quem deseja cursar a faculdade de RI.

Ademais, o curso exige bastante leitura e pesquisa, o que torna a carga de leitura semanal bem alta.

Relações Internacionais leitura

Mas também, as optativas também ocupam grande parte da carga horária desta formação.

Com isso, elas direcionam os estudos para diferentes áreas de atuação como:

Fonte: Boletim Econômico. Não copiar e colar sem os devidos créditos.
Quais são as principais disciplinas da faculdade de rI?

Antes de mais nada, é preciso entender que o campo de RI é muito amplo. Muito amplo, mesmo.

Por exemplo, imagine tudo que envolve trocas globais. Imaginou? Pois bem! Tudo isso entra no campo do analista de RI.

Por isso, as matérias que nesse curso também tentam compreender a maior parte das áreas. São algumas delas:

  • Teorias das RI;
  • Organizações Internacionais;
  • Direito Internacional;
  • Economia Brasileira;
  • Economia Política Internacional (EPI);
  • História das RI;
  • Ciência Política;
  • Economia;
  • Política;
  • Segurança;
  • Negociações tomada de decisões.

Se quiser entender mais sobre algumas Organizações Internacionais, clique aqui.

De toda forma, aconselho a quem tiver interesse, analisar a grade do curso antes de entrar na faculdade, pois assim é possível escolher a que gerar mais identificação.

Estudo relações internacionais

Tem muita Economia no curso de ri?

Como citado acima, a faculdade de RI possui uma parte de sua grade voltada para a Economia.

Com isso, o aluno de RI aprende:

  • Noções de microeconomia, estruturas de mercado, demanda e oferta
  • Noções de macroeconomia, agregados macroeconômicos, modelos macroeconômicos simplificados
  • Economia monetária, diferentes interpretações da inflação e políticas de estabilização
  • Relações econômicas, taxa de câmbio, balanço de pagamento
  • Relações econômicas do Brasil com o mundo e principais problemas

Ainda mais, em disciplinas como Economia Política Internacional aprendemos:

  • A história da EPI e suas principais teorias
  • A evolução da economia mundial
  • As guerras mundiais e seus efeitos na economia global

Além disso, na faculdade de RI também aprende-se muito sobre a Economia Brasileira e a sua história.

Como é o mercado de trabalho?

Como escreveu Eugênio Diniz, professor de RI na PUC Minas:

As empresas brasileiras precisam urgentemente de profissionais de RI, mas, em larga medida, ainda não sabem disso.”

Dessa forma, o mercado de trabalho ainda está se adaptando a essa nova profissão. Com isso, surgiram diferentes áreas de atuação, como o Marketing.

Resultado de imagem para internacional trade gif

Sendo assim, os órgãos do governo são os setores da economia que mais contratam o profissional de RI.

Para mais, até as prefeituras contam com essa mão de obra para promover suas cidades e criar alianças com outros municípios e governos, com o objetivo de aumentar suas exportações, melhorar gastos com importações e fomentar apoios turísticos para suas cidades.

Além disso, multinacionais e startups também contratam este profissional para apoiar negociações com empresas e empresários de diferentes nações e culturas.

Com isso, os órgãos que mais contratam esse profissional são bancos, câmaras de comércio e associações globais.

Mas também, o profissional em RI pode atuar no exterior trabalhando em embaixadasconsulados ONGs com bases fora do país.

Outra área muito presenta na vida do aluno de RI é a área acadêmica. Desse modo, a pesquisa é um campo muito amplo para esses profissionais.

Diplomacia?

Por fim, a diplomacia é o campo mais visado pelas pessoas que entram na faculdade de Relações Internacionais. Isso, pois ele dá uma base muito boa para aqueles que querem realizar o concurso do Rio Branco (Itamaraty).

Ainda mais, é muito importante para aqueles que querem seguir essa carreira aprender vários idiomas e se dedicar ao curso, se preparando para o concurso.

E aí, entendeu mais sobre esse curso e como pode ser o futuro dele? Comente o que achou abaixo e divida esse texto com seus amigos!

Ainda mais, não deixe de conferir no resto de nosso site mais textos sobre política e economia mundiais! Para aqueles que querem cursar RI, a informação e a leitura de notícias é um requisito principal! Aqui no BE, você fica informado diariamente.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Anterior

O que aprendemos na faculdade de Economia?

Proximo Post

Dívida pública: o que é e quais as consequências?

Talvez você goste