Como criar e multiplicar moeda?

E ai? Vamos criar e multiplicar moeda?

Lendo o título do texto, você já deve estar se perguntando. Então, será mesmo possível?

Você sabe como o Banco Central pode afetar a oferta de moeda?

Vem comigo que eu vou te explicar tudo sobre política monetária!

Como os bancos criam dinheiro do nada?

É por meio da reserva fracionária, por exemplo, que os bancos podem literalmente criar dinheiro sem nenhuma base real e distribuí-lo na economia.

Por isso, iremos entender como essa ferramenta funciona.

O sistema de reserva fracionária é a permissão que os bancos têm para fazerem empréstimos e operações financeiras em um valor superior aos depósitos que estão em seu caixa.

Ou seja, com a reserva fracionária, os bancos podem emprestar ou investir um dinheiro que, de fato, eles não possuem naquele momento.

Dessa forma, a reserva fracionária seria o valor mínimo, que corresponde a uma fração dos depósitos bancários, que o banco seria obrigado a manter em seu caixa. Nesse caso, a reserva ficaria mantida dentro do próprio banco ou depositada junto ao Banco Central.

O sistema de reserva fracionária define que apenas uma parte do dinheiro depositado em um banco precisa ficar guardada de verdade.

Dessa forma, todo o restante pode ser emprestado múltiplas vezes para o mercado. Essa proporção entre a reserva fracionária e o dinheiro disponível é chamada de multiplicador monetário.

Com isso, esse sistema permite que o banco “crie” um dinheiro que não existe e o coloque em circulação, ampliando a base monetária da economia.

Dinheiro Dinheiro GIF - Dinheiro Dinheiro Dinheiro Faz o Coochie Woo Woo GIFs
Imagem ilustrativa

Quais as funções do Banco Central?

Em primeiro lugar, vamos entender quais são as competências do Banco Central.

São muitas as funções do Banco Central. Então, para facilitar falaremos de quatro delas.

Em primeiro lugar, temos a emissão de papel-moeda e moeda metálica. As demais são: exercer o controle do crédito, efetuar o controle dos capitais estrangeiros e exercer a fiscalização das instituições financeiras.

Mas você deve estar se questionando: Qual a importância do Banco Central na nossa economia?

O Banco Central desempenha um papel fundamental na regulação dos rumos da economia nacional.

Então, é essa atuação que garante o equilíbrio nas relações econômicas do país.

Um exemplo prático para entender o seu papel é o caso da inflação. Para controlar a inflação, o BC usa de sua autoridade para determinar a quantidade de dinheiro que circula no país.

  • Enfim, se interessou um pouco mais por política monetária? Clique aqui que a gente te explica melhor.

Como o Banco Central pode afetar a oferta de moeda?

Do mesmo modo, vamos entender agora uma questão importante. A oferta de moeda.

Uma das formas que o Banco Central tem para interferir na oferta de moeda é através do multiplicador bancário.

Os bancos tem o poder de criar moeda escritural, isto é, de dispor instrumentos na economia.

A quantidade desses empréstimos depende da exigência de reserva bancária que o Banco Central exige que os bancos conservem.

Por exemplo, suponha que você deposite R$ 200 no banco. Este valor não será deixado lá a espera do seu resgate, mas sim emprestado na forma de crédito.

O banco não pode, porém, emprestar todo este dinheiro. Ele deve manter ao menos uma parcela, de forma a gerar uma estabilidade ao sistema e garantir liquidez aos resgates exigidos ao banco.

É o Banco Central quem define o quanto o banco precisa manter como reserva. Quanto maior for esta reserva, menos o banco poderá emprestar. Portanto, menor será a oferta de moeda líquida na economia.

Como criar e multiplicar moeda?
Imagem ilustrativa

Cálculo do multiplicador monetário

Em primeiro lugar, se calcula o multiplicador monetário, utilizando a seguinte fórmula:

M = 1 ÷ R

Onde:

M é o multiplicador monetário;

R é a taxa de reserva compulsória de depósitos.

Assim sendo, isso significa que, se a taxa de reserva é de 20%, o multiplicador monetário será 5.

Então, pegando o valor de um depósito inicial, 5 é o máximo de vezes que ele poderá ser expandido.

Qual é o efeito dessa prática?

Em primeiro lugar, a gerência da oferta de moeda deve ser feita com muita atenção por parte do Banco Central.

Isso porque a sua expansão pode causar uma inflação geral na economia.

Nós vimos antes que uma das principais funções do Banco Central é manter o poder de compra da moeda.

Sendo assim, uma grande parte do trabalho do BC é gerir a base monetária e a oferta de moeda. Tudo isso de forma a garantir o crescimento sustentável da economia, e manter a inflação sob controle.

  • Leia mais sobre inflação aqui, ou sobre o que é inflação, deflação e desinflação, aqui.

Então, como criar e multiplicar moeda?

Chegamos na parte mais aguardada do texto, acredito eu! Vamos entender como é possível criar e multiplicar a moeda.

Para o banco central criar moeda, basta ele comprar títulos de dívida pública.

Sendo assim, ao comprar esses títulos financeiros, seja diretamente do Tesouro Nacional, seja no mercado secundário (títulos de dívida pública não vencidos em poder dos bancos), o Banco Central coloca papel-moeda em circulação.

Mas, por outro, se ele quiser contrair a oferta de moeda, simplesmente usa o mecanismo inverso: vende no mercado aberto os títulos de dívida pública que possui em sua carteira.

Em síntese, ele os tinha adquirido antes do Tesouro Nacional. Quando os bancos compram esses títulos financeiros, pagam por eles com haveres monetários (meios de pagamento) que, então, são retirados de circulação. Por isso, o total de moeda circulando diminui.

Bugs Bunny Looney Tunes GIF - Bugs Bunny Looney Tunes Cash GIFs
Imagem ilustrativa
  • Você sabia que o Brasil já teve 9 moedas diferentes, até agora? Leia mais sobre isso aqui.

E ai? O que achou deste artigo? Política monetária é fascinante, não é?

Se tiver gostado, não se esqueça de compartilhar com seus amigos e comentar aqui embaixo a sua opinião!

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior

Você sabe quem foi o Barão de Mauá?

Próximo

6 princípios para investir como Warren Buffett