Oscar, Grammy e Emmy: como eles movimentam a economia?

Muito mais do que glamour, estatuetas e trajes de gala, as premiações como o Oscar, Grammy e Emmy são o ápice das produções audiovisuais ao longo do ano. Bem como, contribuem para a geração de enormes lucros da Indústria Cultural, em especial a do cinema. 

Segundo dados publicados pela Motion Picture Association of America (MPAA) a indústria da sétima arte, em 2018, alcançou o lucro recorde de 9,6 bilhões de dólares. Não somente, os números do lucro em bilheteria bateram a marca de US$ 40 bilhões naquele ano.

oscar

QUAIS OS Impactos indiretos na economia?

Dado ao elevado prestigio que o Oscar e outras premiações carregam consigo, a simples indicação aos prêmios contribuem para a divulgação da obra. Gerando, assim, de forma indireta uma alavancagem das bilheterias e reproduções.

Desta forma, mesmo que o consumidor não tenha qualquer ligação com determinadas produções, a indicação para eventos de renome proporciona alguma legitimidade. É o que mostra a pesquisa realizada pelo site Box Office Quant, somente a nomeação das produções aumentam em média 60% das bilheterias.

Especialmente, os filmes estrangeiros, fora de Hollywood, que geralmente não possuem tanta visibilidade, contam com maior alavancagem.

Contudo, o caso mais emblemático é o de “Parasita”, filme sul-coreano que ao vencer o Oscar de Melhor Filme registrou aumento de 234% na venda de ingressos.

oscar

No entanto, em relação ao Grammy, prêmio voltado às produções musicais, segue a mesma lógica das premiações do cinema. Porém, em sua maioria, os artista indicados e vencedores já possuem carreiras prestigiadas, abrindo pouco espaço para a alavancagem de visualizações.

Empregos E geração de renda 

Como amantes do cinema mas também da economia, nós do Boletim Econômico sempre tentamos encontrar a economia nas menores coisas. Imagine só: quando estamos assistindo um filme no cinema, pouco pensamos em como aquilo afeta a economia, não é mesmo?

Mas os impactos desse setor são gigantes. Não apenas pelos altos valores em bilheterias que movimentam o mercado, mas também pelo efeito dominó que ele causa. 

Ao fazer um filme ou uma série, um estúdio de cinema precisa de mão de obra especializada em várias áreas.

Com isso, não são apenas atores, mas sim diretores, roteiristas, dublês, figurantes, maquiadores… Isso tudo sem contar com os trabalhadores da construção civil, que precisam construir cenários! Ainda mais, após o filme ser feito, o marketing dele ainda rende bons milhões para agências de publicidade.

Resultado de imagem para working set cinema

Já pensou quantos empregos são gerados em todos os filmes e séries que assistimos todos os anos?

E é claro que as premiações, para além do glamour, contribuem com isso. Ao darem maior visibilidade para esses filmes, os estúdios ganham mais bilheteria. Em seguida, poderão usar a renda para criar novos filmes, contratando mais pessoas e gerando ainda mais renda.

Por isso, é muito importante para quem gosta de economia criar um olhar crítico sobre o mundo. É preciso treinar os olhos para enxergar a economia até mesmo nas coisas mais triviais.

a Temporada de premiações em 2021

Bom, se você é um amante do cinema e da economia, deve estar ansioso para essas premiações, correto?

Nesse ano, graças à pandemia de Covid-19, a temporada de premiações sofreu diversos adiamentos e realizações sem plateias como o Emmy e o Grammy da temporada de 2020. Desta forma, podemos esperar uma dominação ainda maior dos estúdios como Netflix e Disney.

A seguir, fique por dentro das datas das maiores premiações do mundo da sétima arte:

  • Cerimônia do Globo de Ouro: 28 de fevereiro / Cerimonia SAG Awards: 14 de março
  • Cerimônia do Critics’ Choice Awards: 07 de março / Cerimônia do Oscar: 25 de abril

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior

Dívida pública: o que é e quais as consequências?

Próximo

Qual a importância de uma boa reserva de dólar para o país?