Economia de Escala x Economia de Escopo

Se você é estudante de economia ou apenas um amante dessa ciência, você, provavelmente, já deve ter se deparado com conceitos complexos dessa área como: Economia de Escala x Economia de Escopo.

Pensando nisso, o post de hoje abordará as diferenças entre esses dois conceitos econômicos que confundem muita gente por aí.

Você já conhece e quer ter certeza ou realmente não tem ideia do que seja? Vamos lá!

Economia de Escala x Economia de Escopo

Economia de Escala x Economia de Escopo 

Primeiramente, ambos os conceitos são fundamentais para a economia, além de serem similares no objetivo de descrever a redução dos custos, os meios são diferentes

Dessa forma, tais conceitos são estratégias para a redução do custo total médio da produção de uma empresa que são:

  • Gastos com insumos na produção de A dividido pela quantidade de A a ser produzida. 

Vejamos, então, essas estratégias:

Economia de Escopo 

Redução do custo da produção em uma indústria a partir do aumento da variedade de produtos (bens produzidos ou serviços prestados) que são produzidos em conjunto. 

Como assim? Quando o custo de produção de A e B pela mesma fábrica é menor do que os dois individualmente produzidos por fábricas diferentes. 

Sendo assim, isso acontece quando a fábrica utiliza as mesmas operações e insumos na produção de diferentes bens. 

Dessa maneira, a Economia de Escopo reduz o custo médio do produto.

Você sabia que a Economia de Escopo também pode ser chamada de Economia de Gama? 

À título de exemplo, há as linhas de supermercados que trabalham na venda de produtos alimentícios, de limpeza, etc. 

Se caso os supermercados incrementem seus comércios com a venda de bicicletas, os produtos serão vendidos pela mesma fábrica.

Assim, há a otimização das suas vendas, diminuindo seu custo médio.

Quer entender mais sobre a Economia de Escopo? Já escrevemos sobre isso aqui. 

Economia de Escala 

Por outro lado, a Economia de escala descreve a redução do custo unitário médio na produção de apenas um produto a partir do aumento na quantidade produzida deste. 

Como assim? Quando o custo é reduzido em uma firma que se especializa em apenas um produto. 

Dessa maneira, isso é feito pela padronização da produção, na qual a fábrica adota um método na produção para aumentar sua produtividade, como aluguel de equipamentos, por exemplo. 

A título de exemplo, há a implementação das esteiras nas fábricas automobilísticas de Henry Ford

Com isso, foi possível otimizar a produção de carros, reduzindo-se o custo unitário médio, pois agora mais carros são produzidos no mesmo período de tempo. 

Outra maneira é a fusão e aquisição de empresas, quando estas juntas conseguem otimizar a sua produção, produzindo mais do mesmo produto que antes produziam separadamente. 

Um exemplo disso foi a fusão da Sadia com a Perdigão

Quer entender mais sobre Economia de Escala? Clique aqui.

Qual escolher? 

Como visto, ambas estratégias são importantes e podem ser bem proveitosas no aumento dos lucros de uma firma. 

Dessa maneira, qual escolher? Já que tanto a economia de escala quanto a economia de escopo possuem vantagens e desvantagens. 

Aqui estão algumas delas:

Vantagens e Desvantagens

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Anterior

O que é o mercado de bens e fatores?

Proximo Post

A importância de conhecer os pensamentos econômicos

Talvez você goste