E-books gratuitos de economia para você estudar na Amazon

Não é novidade que os e-books, livros digitais, vêm mudando a maneira como realizamos nossas leituras. Assim, de certa forma, contribuem para a democratização da leitura, com preços mais acessíveis, ou gratuitos.

Por sua vez, a Amazon possui papel central nesta mudança, através da criação do Kindle, tanto o aplicativo de leitura, quanto o dispositivo.

Atualmente, a empresa disponibiliza mais de 9.500 títulos gratuitos, entre eles clássicos para leitores de todos os gostos.

Por isso, o BE preparou uma lista dos 5 e-books de economia gratuitos mais bem avaliados na Loja Kindle para você estudar durante as férias!

Vamos conhecê-los?

1) O Capital – Parte 1, por Karl Marx

Em primeiro lugar está “O Capital”, a primeira parte da obra prima de Karl Marx, com mais de 800 classificações. Assim, mantendo a média de 4,6 de 5.

Nesta obra, o amado e odiado economista faz uma minuciosa análise crítica da sociedade capitalista de sua época. Assim sendo, Marx destrincha o complexo processo de produção do capital.

marx

Ainda mais, o Marxismo é uma das 7 principais escolas do pensamento econômico. Por isso, alunos de Economia devem conhecê-la bem.

Desse modo, seja para concordar com as ideias marxistas ou para refutá-las, a leitura de O Capital é primordial para diversificar o olhar sobre a economia enquanto ciência.

Acesse o e-book clicando aqui.

2) Empreendedorismo na Internet, por Dailton Felipini

Em segundo lugar está um e-book gratuito bastante popular no ranking da Amazon. Em síntese, o livro se propõe a apresentar ao leitor várias dicas de como fazer seu negocio prosperar no ambiente digital.

livro

Desta maneira, Dailton Felipini contribui, em muito, para a propagação de informações construtivas e gratuitas para os novos empreendedores.

Acesse o e-book clicando aqui.

3) Economia Pós-Pandemia, por Esther Dweck, Pedro Rossi e Ana Luíza Matos de Oliveira

Dando sequência à nossa lista, o livro Economia Pós-Pandemia debate a visão de renomados economistas brasileiros acerca de quais caminhos a política fiscal deve seguir.

Se você não sabe o que são as políticas fiscais, clique no botão abaixo para ler nosso texto!

Segundo os autores do livro, o ponto central é levantar a discussão sobre a austeridade fiscal no país, atrelado ao crescimento da economia.

Você pode acessar o livro nesse link.

4) Empreendedorismo Universitário, por André Luis Silva

Como sabemos, a universidade é repleta de boas ideias, inovações e disposição, não é mesmo? Por isso, este e-book organizado por André Luis Silva oferece um excelente suporte para que esse ambiente seja melhor aproveitado.

livro

Em suma, você irá encontrar neste livro conteúdos riquíssimos para desenvolver o seu negócio. Sendo assim, tendo como pilares centrais o conhecimento da área de negócios, a parte de gestão, tanto de pessoas, quanto de finanças etc.

Clique aqui para acessar o livro.

5) Perspectivas Asiáticas, por Marcos Costa Lima

Por fim, nossa pequena lista conta com o livro Perspectivas Asiáticas, onde o autor analisa a ascensão asiática no mercado global. Em especial, o livro trata da crescente participação chinesa na América do Sul como um todo.

O e-book é uma verdadeira coletânea que conta com artigos escritos por vários autores de diferentes países. Portanto, é uma leitura imperdível para entender a atual economia global.

Assim termina nossas dicas de e-books gratuitos sobre economia disponíveis na Amazon. Lembrando que há mais de 190 títulos apenas de economia prontinhos para você se aprofundar no tema!

E claro, você pode sempre voltar ao site do BE! Nossa seção “Educação” está repleta de artigos simples que te explicam a economia de forma direta e rápida. Clique no botão abaixo para conhecer mais.

E claro, não deixe de nos contar o que achou dos livros e do post!

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Anterior

Qual a diferença entre anarquismo e anarcocapitalismo?

Proximo Post

ECOSOC: Conheça o conselho da ONU para a economia

Talvez você goste