10 conceitos básicos sobre economia que você precisa saber

Se você é estudante de economia ou apenas um amante dessa ciência, olha só esses 10 conceitos econômicos que você precisa ter noção. 

Vamos lá?

conceito

  • Inflação

Inflação se refere ao aumento geral dos preços de bens e serviços. 

Assim, tal situação também significa um aumento do custo de vida para os consumidores e empresas. 

Entretanto, nem sempre é um prejuízo já que há reajustes salariais, a não ser que o aumento seja rápido e alto, pois os reajustes levam tempo. 

Quer entender sobre as causas da inflação? Já escrevemos sobre isso aqui.

 

  • Hiperinflação 

Por outro lado, hiperinflação quer dizer sobre uma inflação muito alta, com níveis que se encontram fora do controle.

Apesar de não haver consenso entre os economistas sobre um índice específico em que há uma hiperinflação, é possível ter uma noção.

Por exemplo, hoje em dia, uma hiperinflação seria lá pelos 9%, mas no Brasil dos anos 80 e 90, hiperinflação era uma índice com mais de 2.000%.

  • Juros 

Outro conceito importante é o de juros, que pode ser definido como: rendimento de um dinheiro emprestado a alguém com o período de tempo e condições pré estabelecidas.

Assim, aquele que empresta e deverá receber os juros é chamado de credor, e do outro lado temos o devedor que faz o empréstimo e paga os juros.

Parcelamento do Simples Nacional: entenda como funciona e quem pode  solicitar

Além disso, temos que diferenciar juros de taxa de juros:

  • Juros: o ganho após se emprestar o dinheiro por um tempo. 
  • Taxa de Juros: percentual de remuneração pelo período em que esta incide (mensal, anual…).

Portanto, para se calcular as taxas de juros geralmente são levados em conta fatores como: 

  • Índice de Inflação;
  • Riscos de empréstimos;
  • Custos administrativos, etc.

Por fim, há vários tipos de juros: juros simples, juros compostos, juros nominais, juros rotativos, etc.

Você sabia que a Taxa Selic é a taxa básica de juros do Brasil? Para entender mais sobre esta, clique aqui.

  • Mercado

O mercado é um conceito que se refere a um local social ou virtual com condições para troca de bens e serviços.

Ou seja, a instituição ou organização em que os vendedores e compradores atuam, sendo esse ambiente regulado pelo preço. 

  • Produtividade

A capacidade produtiva diz respeito à quantidade de bens ou serviços que uma empresa consegue produzir com seus recursos em um período de tempo determinado. 

Diante disso, estima-se o nível de demanda e venda desse processo produtivo. Assim, a empresa pode definir um tempo para que toda produção seja feita.

calculating a beautiful mind GIF

Ademais, há 4 tipos de capacidade produtiva:

  • Instalada;
  • Disponível;
  • Efetiva;
  • Realizada.

Entenda tudo sobre Fordismo, Taylorismo e Toyotismo.

  • Ociosidade 

Já a capacidade ociosa é tudo aquilo que não está sendo usado no processo produtivo. E aqui estão alguns exemplos:

  • mão de obra sem função;
  • maquinário sobrando;
  • material em excesso.

Com isso, a empresa pode ter noção que está perdendo analisando essas variáveis. 

  • Poupança 

Poupança ou caderneta de poupança é uma conta no banco para as pessoas que procuram acumular quantias de dinheiro.

Dessa maneira, ao depositar a quantia, a poupança vai rendendo juros. 

animation saving GIF by MOOT

Além disso, saiba que a taxa de juros é definida pelo governo, assim, todas as instituições possuem a mesma. 

Você sabia que é proibido cobrar tarifas de abertura, manutenção e tarifas de administração e performance da poupança?

  • PIB

PIB quer dizer Produto Interno Bruto. Assim, é a soma de todos os bens e serviços finais que foram produzidos em uma economia.

Ademais, é o principal indicador do crescimento econômico de uma economia, e é calculado pela fórmula: Y = C + I + G + NX

  • Y – Renda/PIB; 
  • C – Consumo;
  • I – Investimento;
  • G – Gastos do governo;
  • NX – Balança Comercial.

Entenda a diferença entre PIB real e PIB nominal.

  • PNB

Por outro lado, PNB significa Produto Nacional Bruto e se refere a todos os bens e serviços produzidos por empresas pertencentes a um país, estejam elas dentro ou fora deste país.

PNB = PIB + Renda recebida do exterior – Renda enviada ao exterior

Você sabia que em países emergentes é mais comum ter o PIB maior que o PNB?

Entenda a diferença entre PIB e PNB.

  • Vantagens comparativas 

Esse conceito vem da teoria das Vantagens Comparativas do economista britânico David Ricardo.

Dessa forma, para entender esse conceito é preciso analisar as vantagens internas de uma economia. 

Para isso, vamos usar o próprio exemplo do autor. Este compara a economia de Portugal e da Inglaterra. 

Assim, para Portugal produzir vinho, o país gasta 80 homens/hora e 90 homens/hora para produzir tecido. 

Por outro lado, a Inglaterra produz vinho por 120 homens/hora e tecido por 100 homens/hora. 

Assim, o autor propõe que ao invés de Portugal e Inglaterra produzirem ambos os produtos, estes apenas produzam aquilo que eles tem vantagem.

Dessa maneira, ao Portugal trocar vinho com a Inglaterra por tecido, a relação entre os produtos será 80 homens/hora e 100 homens/hora.

Por fim, Portugal “economizará” o homens/hora e a Inglaterra 20 homens/hora.

Quer entender mais sobre Vantagens Comparativas? Assista aqui. 

conceito

O que achou dessa listinha? Não esqueça de deixar sua reação.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Anterior

O que é econometria e qual sua importância para a economia

Proximo Post

Comércio exterior e Comércio internacional: qual a diferença?

Talvez você goste